outubro

23

2014

Oi Perfumados!

O calor está chegando, e com ele vamos tirando os perfumes frescos do armário, bem como pensando no que queremos comprar, que possamos usar e abusar no calor. Afinal, ninguém merece ficar sem perfume, só por causa desse calor “senegalesco” que vamos enfrentar não é ?

A seguir eu sugiro alguns perfume que acho coringas para esse calor, e tem para todos os gostos, seja um floral mais fresco, um chipre, um aromático, até mais gourmand, enfim, todos os estilos, para quem como eu, adora variar de família (apesar de ser fã dos florais por convicção rs).

Chipres florais, frescos, que dão a sensação de banho tomado, perdurando por horas e horas essa sensação, para quem gosta dessa família não tem erro: Cabotine (Grés), Escada Signature e Pure Turquoise (Raph Lauren).

 

Florais, e suas subfamílias, que são bem leves, que não “pesam” até para quem não é muito chegado nos florais, mas sentem que a estação do calor pede algo bem leve: Sheer Beauty (Calvin Klein), Ô de L’orangerie (Lâncome), I Love Love Cheap & Chic (Moschino), Missoni Acqua (Missoni) e Prada Infusion D’iris edp.

Os aromáticos cítricos, além da sensação de frescor, dão mais sensação de energia e vitalidade, aquele ‘up’ que muitas vezes procuramos no tempo quente: Orange Cannelle (Molinard), A Shot Of Thai Lime Over Mango (Jo Loves) e Tangerine Vert (Miller Harris).

E para quem não abre mão dos orientais e/ou gourmand, sim, temos as “baunilheiras”, como costumo chamar, que não abrem mão de perfumes doces mesmo no calor, e os que indico não são “pesados”, basta que não exagere na dose rs: Vanilla Ice Cream (Demeter), Vanille (Molinard) e Fresh Vanilla (Oscar de La Renta).

Até quinta, bjs perfumados de coisas boas!

Cris.

outubro

22

2014

 

Renee Zellweger quebrou o silencio sobre a sua nova aparência – que deixou a internet toda de queixo caído – falando: “Fico feliz que as pessoas acham que eu estou diferente.”

A atriz causou frisson no tapete vermelho da premiação “Woman in Hollywood” da revista Elle na noite da última segunda-feira, quando apareceu simplesmente irreconhecível! E também não foi por menos: A eterna Bridget Jones se foi, kaputt!! :O

Ela “respondeu” todo o frenesi da media sobre possíveis cirurgias plásticas que tenha feito em uma nova entrevista a revista People: “Estou vivendo uma vida diferente, mais feliz e realizada. Me sinto encantada que talvez isso fique a mostra.”

“Meus amigos dizem que aparento tranquilidade. Estou saudável. Por um longo tempo eu não estava fazendo um bom trabalho nesse quesito. Estava num horário realisticamente insustentável e que não me permitia cuidar de mim mesma. Ao invés de parar para recalibrar, eu continuava correndo até estar esgotada e fiz más escolhas para como esconder o cansaço. Eu estava ciente do caos e finalmente escolhi coisas diferentes.”

Traduzindo: Parei com o botox e tudo caiu, aí resolvi fazer um eye lift, coisinha pouca, gente!!

bjs

Elis

outubro

20

2014

Quem ama um produtinho com ar retrô levanta a mão!
Como não ficar apaixonada por essa colaboração da Mad Beauty com ilustração de edição limitada e vintage da Kellogg’s? Gente, é tudo muito fofo!!

Quero e já tô indo correndo pro mercado garantir esse set que é uma duplinha de “leite pra banho” e sabonete líquido de baunilha embaladas em garrafinhas de leite antigas (e agora pela metade do preço nos supermercados Tesco!!)

Essa primeira coleção da marca se chama “Decades” e foi inspirada nos anos 50 e 70 e oferece uma gama de produtos desde lip balms, produtos pro corpo, banho e até conjuntinhos pra fazer manicure.

Vamos ver se serei capaz de comprar só um item, porque ninguém me ensinou como resistir a tanta coisa fofa assim!
Milk Bath em caixinhas de leite com esses desenhos antiguinhos? Yes, please!!

A linha pode ser encontrada no site da marca, na ASOS e Topshop com precinhos super convidativos!

bjs

Elis

Pra não querer mais sair do banho!

outubro

16

2014

E depois de muito tempo volto a fazer post sobre comprinhas, pois sei o quanto vocês adoram um haul. (:
Tenho que dizer a vocês: quando as marcas resolvem fazer promoção aqui, a coisa é levada a sério mesmo! adooooro!

Eu tenho o cartãozinho Love Your Body™ da The Body Shop e algumas semanas atrás recebi um email citando que se eu comprasse 3 produtos teria 30% OFF ou se comprasse 5 teria 40%OFF! E olha que nem era a sale – que aliás tá rolando agora - e oferece nada menos que 50% OFF em todo o site!! :D

Hoje ainda não será post resenha tá? Só minhas primeiras impressões, até porque tem dois produtinhos aí que não testei ainda. Bóra:

Fileira de cima, da esquerda pra direita:

Facial Brush (Escovinha Facial) ainda não testada;
Muslim Cleansing Cloth que nada mais é que um paninho (lavável) e até meio áspero que voce não dá nada quando tira da embalagem, mas é maravilhoso se usado úmido pra limpar profundamente a pele com balm ou óleo de limpeza;
Tea Tree Skin Clearing Lotion: um dos best sellers da marca, loção oil free pra peles com manchas e oleosas: ainda não tenho opinião formada pois sempre esqueco de usá-la rss.

Fileira de baixo, esquerda pra direita:

Tea Tree Skin Clearing Facial Wash, esse produtinho pra lavar o rosto é paixão antiga!! Estava usando o Pink Grapefruit da Neutrogena, alternando com o meu amado Cleanance (resenha aqui) mas nada estava surtindo muito efeito, foi só voltar pro Tea Tree que minha pele respondeu imediatamente! AMO!
Tea Tree Squeaky-Clean Scrub, ainda não usei!
Seaweed Deep Cleansing Facial Wash: Esse eu uso no banho e foi paixão a primeira usada rsss, dá uma gelatina boa no rosto e sensação de limpeza sem ressecar a pele, teremos resenha dele em breve!
Camomile Silky Cleansing Oil: Meu primeiro óleo de limpeza ever!! Usado com a Muslim Cleansing Cloth pra limpeza da pele e retirada de toda a make sem nenhum esforço sem a ajuda nem sempre benéfica dos lencinhos demaquilantes que no fim saem caro e não limpam a pele totalmente.

E vocês tem o seu produto preferido da The Body Shop? Me contem tuuudo!!

bjs

Elis

outubro

15

2014

Oi Perfumados!

 

Como os pedidos de resenha foram somente de perfumes que ainda não senti (fico devendo, mas estão anotados), hoje trouxe minhas impressões sobre um perfume que senti em nosso encontro da App, em SP, de 2014 (Apaixonados por perfumes), é o Un Air de First de Van Cleef & Arpels, floral lançado em 2011 em comemoração aos 35 anos da criação de First (até hoje o perfume feminino ícone da marca), e que só tive oportunidade de conhecer há dias, por meio do amigo Henrique Perrella, que escreve em seu blog, confiram aqui.

O frasco conserva a mesma linha de First e seus flankers, com um ar mais retrô por conta da bombinha borrifadora, um “it”, pra deixar tudo com ar mais feminino.
Ele abre com uma pegada que pra mim predominam as notas de aldeídos, o gálbano aqui eu digo que foi muito bem dosado, pro meu olfato, porque confere um “tom” verde na saída, sem ser acre e agressivo, como costuma ser quando a nota é pronunciada. Ficou uma abertura primaveril, com um leve tom cítrico que se mescla aos tons aldeídos e verdes, dando uma leve semelhança, sem seu fundo “amarguinho”, como o Ma Griffe (Carven), mais pelas notas de aldeídos mesmo, pra quem conhece, imagine um “Eau de Ma Griffe” na saída e dá pra imaginar a linha que o Un Air de First segue.

Depois da saída, que em mim durou em torno de 15 min, ele se torna um floral do tipo “cremoso”, que remete a maciez de cosméticos leves (mesma cremosidade de Subtil, Salvatore Ferragamo), um ar “etéreo”, um ‘comfort scent’ eu digo sem medo, pra quem, como eu, ama Florais. Cheiro de mulher delicada, chique (não que somente mulheres possam usar, claro!), feminina; e as notas florais que eu senti evidentes na pele foram do jasmim e do lírio, de um floral branco.

Aí você pensa: já vi muito perfume descrito assim, pois é, viu mesmo. O que acontece aqui, em minha percepção, foi a junção de ingredientes comumente usados, nada inovadores, tampouco arrojados, mas que resultaram num floral muito bem equilibrado, muitíssimo agradável, do tipo que fiquei cheirando meu braço a cada x minutos, ou sempre que uma de nós (e foram várias amigas que gostaram dele também) comentava o quão delicioso ele se mostrava.

Na base ele permaneceu parecido com o coração, sendo um tantinho adocicado, pelo tom da baunilha, mas nada evidente, somente aquele fundinho mais doce, macio e confortável. Sua durabilidade foi muito boa em mim, pra um perfume com proposta mais leve, em torno de 9 horas, porque foi quando lavei.

Até quinta, bjs perfumados de coisas boas,

Cris.

Quem gostar dele, poderá gostar também: Infusion d’Iris edt (Prada), Aqua Allegoria Jasminora (Guerlain). In White (Jesus Del Pozo).

Related Posts with Thumbnails