Conscientização

março

7

2012

Olá queridos leitores, o post de hoje é assunto sério, mas nem por isso menos interessante.
Estou aqui indignada com o vídeo que assisti há pouco e vou falar um pouco pra vocês a respeito…

Kony 2012 é um video e campanha da organização Invisible Children que visa tornar famoso Joseph Kony, líder de um grupo de guerrilha do Uganda que é acusado de raptar crianças e transformá-las em soldados. Tal campanha não foi feita para celebrá-lo, mas sim para angariar apoio para a sua prisão e estabelecer um precedente para a justiça internacional.

Pra saber um pouco mais sobre as atrocidades que esse monstro comete, cito a matéria do Yahoo Notícias:

“Kony se diz um porta-voz divino e quer que Uganda seja regida pelos Dez Mandamentos. Ele é conhecido pela brutalidade com que comanda invasões de aldeias que promovem a morte dos adultos e o sequestro de crianças. Meninos se transformam em soldados do grupo e as meninas se tornam escravas sexuais. Ele usa passagens bíblicas para justificar suas ações e costuma mutilar o rosto das crianças. Sabe-se que seus seguidores obedecem fielmente as regras e rituais impostos por ele.

O vídeo foi produzido pela ONG americana Invisible Children e é narrado por um de seus fundadores, Jason Russell. Essa organização luta pelo fim do poder de Kony e afirma que ele já forçou 66 mil crianças a aderir seu movimento nas últimas duas décadas. A campanha também convoca os espectadores para um protesto mundial no dia 20 de abril, quando vários simpatizantes da causa devem espalhar cartazes e adesivos sobre o caso em várias cidades do mundo.

Usando a internet pra fazer a diferença! Parabéns Jason Russell!

novembro

21

2011

Kim Kardashian é estrela de mais uma campanha, só que desta vez, e mais do que nunca pelos motivos errados.

Para aqueles que assistem o reality show Keeping Up With the Kardashians, tenho certeza que se lembram quando Khloe Kardashian ficou nua para uma das campanhas do PETA.
A irmã da beldade ficou horrorizada após assistir um vídeo filmado dentro das fazendas de pele - mas parece que sua querida sis não teve a mesma reação – e o PETA, com toda a razão a pegou pra Cristo!!

Infelizmente as peles se mostraram uma tendência forte nas passarelas de 2011, e estamos vendo cada vez mais celebridades envoltas em animais mortos achando que crueldade = luxo! tsc tsc tsc.

No outdoor em que a ex mulher de Kris Humphries está junto a filhotes de raposas lê-se:
“Kim: Estes bebês sentem a falta de sua mãe. Ela está em suas costas?

OUCH!

Lisa Lange, vice-presidente sênior do PETA defendeu a mensagem dizendo: “Kim sabe que os animais em fazendas de peles são espancados, eletrocutados, e muitas vezes esfolados vivos. Nós explicamos isso a ela e ela também assistiu a um vídeo de denúncia filmado dentro destes lugares.”

Posso falar? Acho muito pouco essa bad publicity!
KK é linda e dona de um dos corpos mais cobiçados na história das celebs, mas é cruel e cafona usando peles!

Dessa vez a moçoila não poderá alegar ignorância, pois está ciente da atrocidade cometida aos animais e é conivente.
Isso faz dela o que mesmo, hein?

Imagem: Reprodução.

junho

5

2011

faux

…Uma luta do bem contra o mal?

Hoje em dia está na moda o ativismo contra o mundo dos fakes: o que é faux e barato nunca está na moda, é brega e nos deixa muito próximos da massa popular da “vingt-cinq”, ou em outras palavras: um horror!

Quando compramos aquela bolsa de nosso designer preferido (com o suado dimdim de meses de economia) acreditamos que fazemos parte do seleto grupo das celebridades e que somos cidadãos decentes fazendo o bem, a coisa certa. 
Pagamos nossos impostos, não sustentamos o terrorismo ou o trabalho escravo de criancinhas na China que estão neste momento acorrentadas às suas maquinas de costura, trabalhando sem parar para reproduzir uma Vuitton, certo?
ERRADO
meus caros amigos!

As nossas tão amadas e paparicadas grifes de luxo estão no mesmo patamar criminal e indecente que nós, — pobres e desinformados consumidores —acreditávamos que era pertencente somente ao submundo “fake”.

Aconselho à todos a leitura deste artigo (em inglês) muito interessante e surpreendente de Alexandra Sinderbrand. Acredito que todo consumidor de “designer goods” deveria lê-lo e se educar à respeito.

Devemos permanecer atentos e conscientes, pois no mundo fashion a moral do mocinho, é na maioria das vezes, muito mais questionável que a do próprio bandido!

Enjoy it!

Helga.

Créditos da Imagem: huffingtonpost

outubro

11

2010

PCRMs-provocative-new-fast-food-commercial-300x173

Um grupo de médicos e outros profissionais da saúde produziram um “mini comercial” que provavelmente se tornará um dos mais controversos na história da publicidade.
O anúncio “Consequences” do Comitê dos Médicos pela Medicina Responsável de Washington DC, tem como alvo o menu de alto teor de gordura do McDonald’s.

O próprio filme já virou história, pois o mesmo foi lançado há apenas alguns dias, já teve mais de 1 milhão de visualizações no YouTube e tem sido assunto em jornais, rádios e televisões em todo o mundo, incluindo: The Guardian, CNN, o New York Times e centenas de outros meios de comunicação.
<

O que vocês acharam? Contribuição para a saúde pública, ou eles foram longe demais?

Imagem: remotepatrolled

setembro

13

2010

decode-polar-480

A Nissan acaba de lançar lá fora a campanha publicitária “Innovation for All” pro seu mais novo lançamento: Leaf, o primeiro carro 100% elétrico e de preço acessível ao público em geral.

No filme os telespectadores acompanham um urso polar vagando atônito em vários cenários distintos em busca do porquê seu mundo está derretendo. Owwnnnnn. :cry:

Leaf carregará em 8 horas em uma tomada normal de 220/240 V, custará 26.000 USD nos Estados Unidos e chegará as lojas em Dezembro.

Confira abaixo o tocante e belíssimo comercial. (A voz de Robert Downey Jr. dá o toque final).

Parabéns a Nissan pelo tremendo passo dado em direção de um planeta melhor.

Agora, por favor me dêem uma licencinha que vou ali assoar meu nariz lol

Imagem:mynissanleaf

Related Posts with Thumbnails