Filmes

fevereiro

3

2013

A vida nem sempre acontece como planejamos, Pat (Bradley Cooper) perdeu tudo: sua casa, seu trabalho e sua esposa.

Depois de passar oito meses em uma instituição, ele agora encontra-se de volta à casa dos pais (interpretados por Jacki Weaver e Robert DeNiro). Mas Pat, mesmo diagnosticado como Bipolar está longe de se manter conformado e está determinado a reconstruir sua vida, manter a positividade e a voltar com sua esposa.

Quando Pat conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma garota misteriosa com problemas, as coisas ficam mais complicadas. Tiffany se oferece para ajudá-lo a reconquistar sua “ex” esposa, mas somente, se ele fizer algo muito importante para ela em troca. E com o desenrolar dessa história, uma ligação inesperada começa a se formar entre eles.

Sem esquecer que o danado teve 8 (!!) indicações ao Oscar, incluindo melhor filme, diretor, ator pro Bradley Cooper e atriz pra Jennifer Lawrence, dentre outros.

Assistam o trailer e corram pra assistir o filme, porque é simplesmente lindo!!!! (:

Definitivamente, “O lado bom da vida” é um must watch, gente!

bjs,

Elis

janeiro

2

2013

Ang Lee é um “dos caras” da Hollywood atual. E a inacreditável naturalidade com que o diretor costuma trafegar pelos mais diferentes tipos de projetos em sua carreira é comparável somente à delicadeza com que ele permeia rigorosamente todas as suas obras.

Responsável por filmes tão distintos quanto o épico romântico O Tigre e o Dragão, o tocante e poderoso Tempestade de Gelo (que antes mesmo de Beleza Americana já traçava um crítico panorama da classe média americana), o maravilhoso – e pra lá de polêmico – Brokeback Mountain ou até mesmo a cartunesca primeira aventura do Incrível Hulk nos cinemas, Lee parece não se intimidar com temas espinhosos e frequentemente transforma assuntos difíceis em pura reflexão. E é exatamente isso o que ele promete com As Aventuras de Pi, que estreiou no país no último dia 21.

O longa é baseado no – já clássico – romance de Yann Martel, vencedor do Booker Prize de 2002, e conta a fabulosa história de Piscine Molitor Patel, um jovem indiano que cresceu em meio ao mágico universo de um zoológico na Índia e que, devido às instabilidades políticas do país em meados dos anos 70, vê seus pais sendo obrigados à tomar a dificíl decisão de vender o empreendimento da família.

Aproveitando o transporte dos animais em um cargueiro que parte para os Estados Unidos, Pi e seus familiares rumam para o Canadá em busca de novas oportunidades e uma nova vida. O que Pi jamais poderia prever é que o navio afundaria e que ele teria que dividir um bote salva vidas com os outros únicos 4 sobreviventes desse trágico naufrágio: uma zebra, um orangotango, uma hiena e um tigre de Bengala. Pi vai precisar de todo o conhecimento prático que um filho de administradores de um zoológico pode ter para sobreviver a essa que com certeza virá a se tornar a grande jornada de sua vida.

Coube ao diretor chinês erradicado nos Estados Unidos contar a história de Pi e do felino Richard Parker. E ao que parece o diretor saiu-se muitíssimo bem mais uma vez. Recentemente o filme arrebatou 3 indicações ao Globo de Ouro (dentre elas a de melhor diretor) e vários críticos de prestígio no mundo todo listam As Aventuras de Pi  como um dos melhores de 2012. Parece mesmo questão de tempo para que o diretor seja reconhecido novamente pela academia com no mínimo algumas várias indicações para o longa.

Ang Lee novamente se apoia em conceitos universais como a fé, a amizade, a religião (e muito mais) para, com o importante suporte da computação gráfica, caprichar nos efeitos visuais e, utilizando o 3D pela primeira vez em toda a sua carreira, promovendo mais uma revolução na forma como histórias são contadas no cinema nos dias de hoje.

Com este diretor só se pode esperar pelo inesperado e para a sorte do admirador do bom cinema, do cinema feito genuinamente com o coração, a sala escura é “logo ali”.

Matéria feita pelo nosso primeiro convidado homem: Thiago L.

Imagens: Reprodução


outubro

29

2012

A icônica Halle Berry sempre está radiante onde aparece, pois mostra seu jeito de ser, de viver, demonstrando sua beleza, personalidade, competência profissional e simpatia. Ela fará parte do elenco do novo filme Cloud Atlas (A Viagem), que está dando o que falar nos Estados Unidos e os diretores prometem causar um rebuliço na mente de quem o vir.

O filme trabalha com vários personagens e histórias, em vários períodos históricos diferentes, que se juntam em busca da liberdade, da realidade, da humanidade mais tolerante e pela paz ao longo dos tempos. Parece simples, mas tem toda uma teia que pode pegar você.
O elenco também conta com Tom Hanks, Jim Broadbent, Susan Sarandon, Hugh Grant, dentre outros. Quem viu disse inclusive que lembra um pouco dos filmes: Blade Runner, V de Vingança, Matrix, 2001: Uma Odisséia no Espaço e eXistenZ.

Vejam o trailler de Cloud Atlas aqui.

Há quem tenha dito também que é um dos filmes mais caros de todos os tempos, com orçamento de 100 milhões dólares, que é brilhante vindo de um livro brilhante, uma representação de um karma, com nuances engraçadas, emotivas e inteligentes, que fará cada um pensar no ir e vir, na vida.

O novo cult, que até Ridley Scott iria curtir, tem cenas de nudez, violência e sexo, passado, presente e futuro. Vamos esperar para ver.

Beijos, Adriana

Agradecimentos: NY Times.

outubro

2

2012

Vocês já assistiram esse filme? Senão já o fizeram, corram baixar por torrent porque é lindo demais!! Must watch total!

Não me levou as lágrimas por ter muitas cenas hilárias, mas me fez parar pra pensar na vida!
Sabem aquele tipo de filme que faz a gente ser grata por cada segundo que respiramos? Intouchables é assim!! É amor demais!!!!


Resuminho: A comédia Francesa é uma história universal, a qual retrata a amizade entre Philippe (François Cluzet), um aristocrata parisiense que fica tetraplégico após um acidente de parapente e vive num palacete com seus inúmeros empregados e agora conta com Driss (Omar Sy) seu mais novo ajudante: negro, ex presidiario e oriundo da periferia de Paris.

Os personagens penetram um na vida do outro e os laços entre eles tornam-se cada dia mais fortes. Philippe sente-se plenamente confortável ao lado de Driss, já que este não o trata como um inválido.

Números:
Foi o filme mais visto na França em 2011, com cerca de 19,385 milhões de entradas, sendo a terceira maior bilheteira francesa da história, sendo o primeiro e segundo lugar ocupados por Titanic (1997) e Bienvenue chez les Ch’tis (2008).

É o filme francês mais rentável da história, com uma taxa de rentabilidade de 602%!!

Intouchables promete fazer tanto sucesso quanto outra obra de arte do cinema Francês “O artista”, que levou 5 Oscars na última premiação da Academia.

Ah! A trilha sonora também é belíssima, recheada de Ludovico Einaudi!!

bjs

Elis

Imagem: Reprodução

agosto

29

2012

Há alguns dias, sem querer, me deparei com um filme muito interessante de 1998 que eu nunca tinha visto e qual não foi a surpresa por se tratar de um excelente filme. Ufa, odeio quando fico presa num filme esperando até o final para ter aquela decepção.

Trata-se do filme Fama & Destruição, protagonizado pela bela Angelina Jolie, um documentário sobre a história real da modelo Gia Marie Carangi, uma jovem da Filadélfia que tenta a sorte em Nova York e logo se torna uma das top models mais requisitadas do mundo, sendo inclusive capa da Vogue e da Cosmopolitan.

Considerada linda e selvagem, adorava chocar os conservadores da época, chegando inclusive a assumir publicamente sua bissexualidade.  Mostrou que as morenas tinham seu charme no meio de tantas louras e bronzeadas, referência de beleza à época. Tornou-se a queridinha de grandes nomes da moda como Diane Von Fürstenberg. Tinha fama e dinheiro, além de beleza, porém, nada disso trouxe felicidade a modelo.

Sua fama meteórica, acompanhada de uma enorme incapacidade para lidar com o sucesso,  junto com problemas amorosos e familiares acabaram por colocar Gia no mundo das drogas, especialmente a heroína. A modelo passou por diversos tratamentos, todos sem sucesso, sendo que chegou a se prostituir e ser violentada por diversas ocasiões. Uma vida que, infelizmente,  teve seu rumo totalmente modificado pelo vício em drogas. Para se pensar ….com certeza !!!

A verdadeira Gia Marie Carangi

O filme mostra a ascensão e decadência da modelo, que com o vício em heroína e cocaína, acabou com sua carreira, dinheiro e sua própria vida.  A linda modelo tragicamente veio a falecer de Aids em 1986, sendo a primeira famosa a morrer da doença. No final de sua vida, Gia queria que sua história fosse contada para outras pessoas, para que elas pudessem aprender algo com sua tragédia pessoal.

Enfim, acredito que por trazer não só o glamour do mundo da moda e da vida das modelos, o filme é uma excelente oportunidade para conhecer o outro lado da moeda! Vale muito a pena meninas, bjokas, Bela

Imagens: Reprodução

Related Posts with Thumbnails